Projetos Residenciais: A transformação através do papel de parede

Projetos Residenciais: A transformação através do papel de parede

 PROJETO: ELEFANTE DESIGN | RJ FOTO: NICOLAS BOURIETTE

PROJETO: ELEFANTE DESIGN | RJ FOTO: NICOLAS BOURIETTE

A tendência para os projetos residenciais é o uso da criatividade como elemento de sofisticação. Fortes aliados nisso, os papeis de paredes surgem como ferramentas para personalizar e tornar exóticos alguns ambientes comuns.

Sendo assim, apresentaremos formas de compor ambientes aconchegantes por meio da aplicação de papéis de parede. Confira!

Papéis de parede podem transformar os projetos residenciais?

Seja com estampas vibrantes ou suaves, os papéis de parede são revestimentos que carregam personalidade e possibilitam tanto um aspecto delicado como uma atmosfera moderna e descontraída ao ambiente. Considerando a intenção dos moradores, é possível garantir climas acolhedores por meio da versatilidade desse revestimento.

Como usar papel de parede de acordo com cada cômodo?

Ser capaz de escolher a estampa e o material adequado a cada espaço da casa é fundamental. Com a finalidade de facilitar sua decisão, selecionamos dicas para alguns cômodos:

Sala de Estar

A porta de entrada do seu lar é a sala de estar e ela precisa estabelecer conforto visual aos moradores e visitantes. Por ser um ambiente do qual comporta muito bem variadas tendências de decoração, a escolha se torna simples.

Por isso, procure utilizar estampas com elementos artísticos em apenas uma das paredes. Essa estratégia levará dinamismo e elegância ao cômodo. Além disso, as opções no estilo étnico, geométrico e provençal são excelentes.

Quarto

Os dormitórios cumprem a função de relaxamento. Dessa maneira, transmitir tranquilidade por meio do papel de parede é excelente e não deixa o ambiente monótono.

Nos quartos de adultos, as alternativas geométricas e retrô são ótimas composições que emolduram a cabeceira de maneira sofisticada.

Para as crianças, as estampas com círculos suavemente coloridos despertam muita delicadeza. Outra possibilidade é estimular a criatividade por meio dos papéis de parede interativos. Nesse material elas poderão colorir e desenhar à vontade.

Home office

Apesar de ser considerado o cômodo mais sério da casa, nada impede que seja utilizada cores intensas com estampas abstratas, étnicas ou geométricas em uma das paredes do escritório.

É claro que, se toda essa intensidade atrapalhar a concentração de quem estiver estudando ou trabalhando, proporcionar uma atmosfera minimalista é usar a criatividade de forma consciente.

Cozinha

Em oposição ao que muitos pensam, é possível utilizar papéis de parede na cozinha! Desde que não seja aplicado próximo à pia ou fogão. Nesses locais, as melhores opções são os materiais vinílicos.

Apesar de a cozinha em si ser considerada um ambiente molhado, a arquitetura moderna tem tido muito apelo pelo conceito aberto, o que torna esse cômodo mais arejado, possibilitando aplicações no estilo retrô nas áreas das bancadas.

Lavabo

Mesmo que seja uma espécie de banheiro, essa área permite aplicações de variados tipos de materiais além do vinílico. Sendo possível criar um destaque incrível na decoração por meio de cores e estampas, especialmente se as louças forem brancas.

Quais são os tipos de papel de parede?

Ainda que existam diversos tipos de materiais no mercado, o que atrai o público é o modelo tradicional. No geral, são fabricados em celulose e sua aplicação requer um profissional especializado. O resultado é incrível, a limpeza é simples, as opções de estampas são bem criativas e a qualidade é espetacular.

Outras variedades de papéis de parede são:

  • papel de parede adesivo: com verso adesivado, não é necessário o uso de cola e trincha na aplicação. Normalmente tem melhor custo, mas não tem boa durabilidade;

  • papel de parede vinílico ou vinilizado: modelo impermeável, ótimo para banheiros e cozinhas. A qualidade é similar ao papel tradicional, com a vantagem de poder ser usado em área úmidas;

  • papel de parede 3D: podem trazer texturas em alto relevo ou aparentarem esse efeito por meio da estampa tridimensional;

  • papel de parede TNT: sua matéria-prima é a celulose e o poliéster, resistindo ao tempo, mas necessitando de cuidados na hora da limpeza;

  • papel de parede texturizado: geralmente são feitos de veludo e não devem ser aplicados em ambientes ensolarados para evitar que desbotem. Apesar da delicadeza, traz muito requinte à decoração.

Gostou desse post sobre a aplicação de papéis de parede em seus projetos residenciais? Então siga as nossas páginas nas redes sociais e acompanhe todas as nossas atualizações: estamos no Facebook, no Instagram e no Pinterest!